GOOGLE ORKUT YOU TUBE FLICKR DOWNLOD Quem Somos Fale Conosco  
 
 
 
   
 

PRINCIPAL |  ESPORTE  | POLÍCIAREGIONAL |POLÍTICANEWS  | VITRINE | COLUNA SOC.| POESIAS | VARIEDADE

   
   
 
 
   
 
A exposição dos problemas de Ipirá
 
04/06/2019
 
Sem delongas, nem milongas, ficou caracterizado que a Exposição de Ipirá 2019 teve uma organização excelente, espetacular, fantástica, com uma multidão nas apresentações noturnas, o que demonstra que o prefeito Marcelo Brandão é bom de micareta e de exposição, é bom de festa, simplesmente extraordinário e prodigioso. O prefeito é bom todo. A macacada nunca conseguiu fazer uma festa desse porte.
Continua Depois da Publicidade
Mas, ficou patente o fora que o prefeito Marcelo Brandão cometeu; foi incapaz de receber a comitiva do senador Otto Alencar que visitou o Parque de Exposição; não foi uma visita-surpresa, o prefeito foi avisado da chegada do ilustre visitante e não fez a devida recepção ao senador. Talvez, o prefeito MB não tenha dimensionado a força de atração da Exposição de Ipirá ou tenha enquadrado a exposição nos limites da estreiteza do grupismo local. A Exposição de Ipirá mobilizou um Senador da República e muitas pessoas na região.
 
 
O fora do prefeito não foi tão fora assim, faz parte, porque o prefeito Marcelo Brandão tem demonstrado que é um péssimo feitor para a realização de um grande São João em Ipirá. Está devendo, porque, aqui pra gente, o São João de Ipirá realizado pelo prefeito MB tem sido uma festinha chinfrim, ordinária e meia-boca. A jacuzada nunca conseguiu fazer um São João em Ipirá melhor do que a macacada.

Por mais que o prefeito queira engrandecê-la, ela não passa de uma fantasia de sua imaginação. Na prática, o São João de Ipirá tem uma localização horrorosa e uma infraestrutura precária. A Praça da Bandeira está congestionada, não fornece condições de espaço adequado e confortável para um público de 3.000 pessoas; crianças e adolescentes urinam nas calçadas e entre os carros no São João. Esse espaço não é um ponto de atração, quem vem uma vez, decepciona-se e não retorna. Se o Ministério Público agir esse espaço ficará interditado.

Por outro lado, Ipirá tem um espaço excelente para grandes eventos com suporte para um público de mais de 20 mil pessoas: o Parque de Exposição. As administrações municipais (jacu e macaco) não sabem o que fazer com o Parque de Exposição. Uma área excelente, com uma logística significativa e que é subutilizada. Usado uma vez no ano, por três dias, por iniciativa do poder municipal.

Eu digo tudo isso, porque pressinto que as administrações do jacu e macaco não enxergam uma serventia mais ampla para o Parque de Exposição ou não possuem nenhum interesse.
 
 
A feira de animais que está sendo realizada toda quarta-feira no Parque de Exposição está sendo desativada gradativamente, uma vez que, estão retornando para a antiga área, junto ao Centro de Abastecimento.

São duas opções: a primeira, no Parque de Exposição, uma área pública, com boa logística, possibilidades e perspectiva; dependendo de gerenciamento poderá tornar-se a melhor feira da região, com poder de atração e capacidade de extensão e duração da movimentação.

A segunda, junto ao Centro de Abastecimento, um terreno particular que, em breve, será ocupado por construções; o local é uma confusão, balbúrdia e mistura com outros objetos, mercadorias e transações; a forma como o animal é manejado é na base do mau trato que pode ter a reprovação do Ministério Público; poderá ser cobrada uma taxa de um real de quem vende e um real de quem compra o animal pela empresa que locou o Centro; quem comercializa nos dois locais são os mesmos compradores de outros municípios, com um acréscimo pequeno na segunda .
 
 
Na exposição dos problemas de Ipirá: uma crise econômica em grau dois; um desemprego crescente; uma saúde precária; uma educação insuficiente; muitas debilidades sociais; com um lazer minguado e muitas deficiências em termos de urbanidade e acessibilidade. É uma situação sócio-econômica de dificuldade e preocupante. O Poder Público Municipal foge dessa realidade como o diabo foge da cruz.

O prefeito Marcelo Brandão tem sido um notório ausente nas grandes questões do município: a reforma da Casa do Estudante, o Matadouro de Ipirá, ambulância do SAMU, Mercado de Arte, não decide nada e, agora, a feira de animais, que depende de um posicionamento do Poder Executivo. Aguardamos a posição do prefeito de Ipirá.


Por Agildo Barreto
Contador de visitas  
"IPIRÁ NEGÓCIOS dá Existência Pública aos Eventos e as Notícias Acontecem"
 
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
<<< Clique para mais Informações >>>
 
Que tal colocar seu evento na internet (no Ipirá Negócios, facebook, etc.)? Mostre sua festa, seu
casamento ou aniversário para o mundo, para quem está longe e não pode estar presente.
Aniversários, Casamentos, 15 anos, Bodas, Eventos Empresariais e Esportivos, Congressos e Feiras
                    Telefone: (75) 9119-9017 / Email: osm2112@gmail.com

<<< Clique para mais Informações >>>
 
 
 
Comente esta notícia
Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


Termos e condições para publicação de comentários de internautas:

Ipirá Notícias não publicará comentários ofensivos, obscenos, racistas, que estimulem a violência, sejam contra a lei ou não correspondam ao assunto da reportagem (leia aqui as normas de publicação).
Todos os comentários enviados serão previamente avaliados.

 
   

Google   |   Orkut   |   You Tube   |   Flickr   |   Download   |  Quem Somos   |   Fale Conosco

Copyright (c) 2009 EXPOVIDEO - Todos os direitos reservados